Psicanalista pode sofrer processo do Conselho de Medicina?

Será que um psicanalista pode sofrer processo do Conselho de Medicina? Este temor aflige boa parte dos estudantes, sem justificativa.
A resposta é NÃO. Não há um conselho federal de Psicanálise. Os Conselhos de Medicina e de Psicologia não têm jurisdição sobre psicanalistas. Veja: muitos psicanalistas são médicos e psicólogos e, em razão disso, respondem a esses conselhos. Mas, você, se for apenas psicanalista e não invadir a alçada de outras profissões, sua atuação profissional estará completamente assegurada pela Lei. Obviamente, no caso de abuso ou fraude o Psicanalista responderá pessoalmente, como, na verdade, qualquer cidadão.
Você não estará regido por algum conselho, como Psicanalista, pois não há um Conselho Federal de Psicanálise.
Como Psicanalista, você não poderá  prescrever medicamentos (reservado aos médicos) nem adotar outras abordagem da psicologia (reservado aos psicólogos). Seguindo o método da psicanálise que você aprenderá em nosso Curso On-Line de Formação em Psicanálise Clínica, você estará apto a ser um profissional Psicanalista totalmente habilitado.
A profissão de Psicanalista é reconhecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego / CBO 2515.50, de 09/02/02, pelo Conselho Federal de Medicina (Consulta nº 4.048/97), pelo Ministério Público Federal (Parecer 309/88) e pelo Ministério da Saúde (Aviso 257/57).
Veja que o próprio Conselho de Medicina reconhece a prática da Psicanálise para pessoas não-médicas. Isso está de acordo com os grandes precursores da Psicanálise (especialmente Freud), que defenderam que a Psicanálise pudesse ser praticada por profissionais de qualquer área de formação.
O mais importante para ser um bom Psicanalista é conhecer a teoria, inteirar-se sobre fenômenos culturais, históricos e filosóficos e praticar a análise, independentemente da área de formação.
Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *